Viajando a negócio ou a lazer? Confira nossas dicas sobre Floripa para desfrutar dos encantos que a Ilha da Magia pode oferecer para você.
 
Praias do Sul
Algumas das praias mais belas de Florianópolis estão localizadas no Sul da Ilha, uma região onde a natureza predomina, com praias pouco urbanizadas, muitas delas antigas colônias de pescadores que ainda preservam a história e a cultura dos nativos manezinhos da ilha. Muitas dessas praias podem ser facilmente acessadas de carro, mas algumas só podem ser visitadas através de trilhas ou de barco.

Praias do Norte
As Praias do Norte da Ilha são as mais desenvolvidas quanto à infraestrutura, com muitos restaurantes, bares, casas noturnas, entre outros serviços turísticos. Canasvieiras, Ingleses e Santinho são as principais praias, mais populosas e movimentadas. Muito procuradas pelos turistas do Mercosul e por famílias em busca de águas quentes e tranquilas; nelas você encontra de tudo. São verdadeiras cidades independentes.

Praias do Leste
O Leste da Ilha de Florianópolis vai da Praia do Campeche à Ponta das Aranhas, que junto com a Praia do Moçambique, são praias de mar bravo, ondas grandes e areias muito brancas, boas para a prática do surf. Destacam-se a Praia da Joaquina e a Praia Mole, onde a beleza da natureza confunde-se com a dos jovens surfistas que ali freqüentam.

Praias do Oeste
As Praias do Oeste da Ilha, são contempladas pelas badaladas Jurerê e Jurerê Internacional, points procurados pelos turistas nacionais e internacionais, que bscam o glamour dos beach clubs. Sto. Antônio de Lisboa, Sambaqui e Praia do Forte são praias que ainda preservam as tradições açorianas, com casarões, prédios históricos e um forte aberto para visitação, além de possuírem uma rota gastronômica que é brindada com um dos mais bonitos pôr - do - sol da ilha...reserve um momento para visitar este lado da ilha!

Casa da Alfândega
A Casa da Alfândega abriga, desde 1988, o projeto Galeria do Artesanato. Visite este belo casarão e conheça melhor a história do espaço.

Beira Mar Norte
A Avenida Beira Mar Norte localiza-se na região central da cidade, entre a ponte Hercílio Luz e o viaduto de acesso ao Norte da Ilha. É o principal acesso as mais belas praias de Floripa.

Canto da Lagoa
O Canto da Lagoa corresponde a porção sul da orla da Lagoa da Conceição. Antiga região de moradores nativos, ainda mantém os casarões e construções originais. Pequeno núcleo urbano num canto muito sossegado e tranqüilo da Lagoa. Saindo do bairro central da Lagoa em sentido sul chega rapidamente ao Canto da Lagoa.

Catedral Metropolitana
A Catedral Metropolitana de Florianópolis, dedicada a Nossa Senhora do Desterro, é a igreja na qual se encontra a cátedra da arquidiocese de Florianópolis, desde sua criação, em 19 de março de 1908.

Casa José Boiteux
A atual sede do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina e da Academia Catarinense de Letras, hoje intitulada Casa José Boiteux, passou por uma restauração completa em 2010. O prédio foi construído no começo da década de 1920, com recursos públicos, para servir inicialmente como sede da primeira instituição de ensino superior de Santa Catarina, o Instituto Polytechnico, cuja criação data de 1917.

Cais Frederico Rolla
De 1868, o cais recebia os barcos que traziam mercadorias para vender no local.

Forte de Sant'Ana
O Forte de Sant'Ana do Estreito, ou simplesmente Forte de Santana, localiza-se à 150 metros do Castelmar Hotel. Vale a pena uma visita para contemplar a história de Florianópolis e apreciar a vista.

Imperial Hospital de Caridade
O Imperial Hospital de Caridade (IHC) foi inaugurado no dia 01 de janeiro de 1789, sendo o primeiro hospital de Santa Catarina (e 12ª Santa Casa construída no Brasil) voltado para o atendimento da população civil e carente do Estado.
Ao longo dos seus mais de 200 anos de tradição, tendo como mantenedora e gestora a Irmandade do Senhor Jesus dos Passos, o IHC passou de uma pequena construção edificada ao lado da Capela Menino Deus.

Mercado Público
O Mercado Público Municipal de Florianópolis é um centro de comércio e edifício público histórico de Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina, Brasil. O prédio é composto de duas alas a norte e sul que são separadas por um vão central. Não deixe de visitar e degustar as iguarias e cervejas artesanais dos seus restaurantes tradicionais.

Memorial ao Miramar
Em 1925, a prefeitura decidiu construir um trapiche na área central, nas proximidades da Praça XV de Novembro. O trapiche avançava sobre o mar cerca de vinte metros e era usado para o embarque e desembarque de passageiros do serviço de ligação marítima ilha-continente. Somente em 1928 o Bar Miramar foi inaugurado em um pavilhão anexo ao trapiche.
A construção, em estilo arquitetônico eclético, era rica em detalhes.

Museu do Saneamento
O Museu do Saneamento é uma construção remanescente da primeira rede de esgotos implantada na cidade, entre 1909 e 1916. A pequena edificação foi construída em estilo neo-islâmico, muito difundida na europa, principalemente no fim do século XVIII, e inspirada na arquitetura de países islâmicos.

Palácio Cruz e Sousa
O Palácio Cruz e Sousa, antigo Palácio Rosado, é a sede do Museu Histórico de Santa Catarina (MHSC) desde 1986, e está localizado na cidade de Florianópolis, no estado de Santa Catarina, no centro histórico da capital, defronte à principal praça da cidade, a Praça XV, tendo servido como Palácio do Governo do Estado.

Ponte Hercílio Luz
A ponte Hercílio Luz está localizada em Florianópolis, no estado brasileiro de Santa Catarina. A ponte foi construída com o objetivo de ligar a parte insular da capital do estado, na ilha de Santa Catarina, à sua parte continental, visando substituir o antigo serviço de ligação por balsas.

TAC - Teatro Álvaro de Carvalho
O Teatro Álvaro de Carvalho é localizado em Florianópolis e teve sua construção iniciada com o lançamento da pedra fundamental em 29 de julho de 1857. Seu nome primeiro foi Teatro Santa Isabel, nome dado em homenagem à Princesa Isabel.

Quartel do Comando Geral da PM
A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), órgão da administração direta do Governo do Estado de Santa Catarina, é uma instituição prestadora de serviços públicos na área de segurança pública, tendo como jurisdição a totalidade do território catarinense. Criada por Feliciano Nunes Pires, então Presidente da Província de Santa Catarina, através da Lei Provincial Nº 12, de 05 de Maio de 1835, a “FORÇA POLICIAL”, denominação que lhe foi conferida na época, substituiu os ineficazes Corpos de Guardas Municipais Voluntários, então existentes, com a missão de manter a ordem e a tranqüilidade públicas e atender às requisições de autoridades judiciárias e policiais. Sua área de atuação ficava restrita à vila de Nossa Senhora do Desterro (atual Florianópolis) e distritos vizinhos.